pesquisa google

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 19 de junho de 2017

o homem,o dinheiro e o esquecimento do pai


um exercício conjunto de escritores
e poetas  sobre maquiqvel e sua afirmação
no card abaixo. 





Tão vamos lá.
 Minha opinião sobre Maquiavel
 Sim, sua ideologia está correta nos dias de hoje. Muitas pessoas estão abdicando de viver para enriquecer. Tirando dos que tem pouco para seu bel prazer. O mundo está ganancioso. Está faminto apenas por riquezas materiais. Poucos dão valor a sentimentos. Ao próximo. Foi-se deixado de lado toda a fraternidade por apenas um bem. O seu próprio. Estou sentindo na pele esta ganância toda. Pedi ajuda para "amigos" que fizessem uma simples coisa compartilhar... Mas não nem isso. Ajudar ao próximo já não é mais ajudar a si mesmo. É quanto eu ganho para fazer isto. Obs: não estou generalizando ou banalizando. Muitas pessoas estão neste vício de querer mais e mais e dar menos.

Nando
Ocupação:
Classificador de peças
Fernando Martinho
Escritores e poetas


Na minha opinião essa afirmação de Maquiavel infelizmente na atualidade me parece bem verdadeira, visto que, a sociedade anda carente de exemplos amorosos e excedendo exemplos de ganância, materialismo e egoísmo, anda na verdade rodeada de falta de amor ao próximo e falta de respeito. O homem ao nascer trás dentro de si tanto genes da bondade, quanto genes da materialidade. Porém, devemos analisar que a formação do caráter humano é iniciada dentro do ventre materno e que por toda a sua infância e juventude encontra-se em moldagem para ser efetivamente demonstrada como resultado final na idade adulta. Os pais, tios e avós serão sempre os guias e responsáveis pela formação do caráter e do comportamento do futuro adulto. Devemos entender que o que educa não são apenas palavras, presentes e castigos, até porque castigo não educa, e sim corrige um mal comportamento. Na verdade o que educa são exemplos dados as crianças pelos seus responsáveis. Exemplos esses, que devem ser pautados em respeito, humildade, afeto, paciência e amor. Analisando o pensamento de Maquiavel a primeira coisa a saber é que para quem age de forma materialista muito provavelmente esse indivíduo foi criado e educado em um ambiente onde a importância dada à esse fator sobrepujou todos os demais, fazendo com que psicológica e emocionalmente fossem mais utilizados e valorizados os genes propícios a esse comportamento, o que definiu o tipo de caráter ao qual esse adulto possui. E para concluir penso que, sim, o meio em que vivemos somado com o tipo de educação que nos foi dada com certeza influenciam de forma determinante no comportamento dos indivíduos.


Eliane
assessora juridico-administrativa
Taguatinga no DF
escritores e poetas

Infelizmente alguns, não querendo generalizar é bem possível que sim. Alguns homens e também mulheres têm mais apego a bens materiais do que a pessoas. São seres sem luzes.

Dra Lilian
Advogada
Rio Grande /RS
imaginação poética


lamentável essa afirmação.mas verdadeira no conteúdo
alguém que se foi e ja não esta mais entre nos e facilmente esquecido.
vive-se um tal de adquirir e de ter,ja não se vive mais para ser.
o homem esqueceu o que e viver para ser.vive pensando em adquirir cada vez bens materiais,
esqueceu de viver para ser feliz.para ser um membro de sociedade,para ser uma pessoa na familia.
vive se muito hoje para ter
dinheiro
amor(luxuria)
poder
e todo o mais se perde no meio.
esquece com facilidade de quem o deu a vida

delonir cavalheiro
açougueiro
canoas/rs
escritores e poetas/imaginação poetica

Postar um comentário