pesquisa google

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 26 de junho de 2017

o celular na sociedade hoje



uma visão dos escritores e poetas do grupo
somos escritores do watts app.
seria o celular uma necessário?ou a tecnologia que esta sendo mau usada?
distrações,acidentes,muitos fatais,por conta da distração ao celular,tanto pedestres quanto motoristas.
aquela mensagem precisa ser visualizada  no instante que dirige ou caminha na rua?
pense e reflita





Infelizmente não se pode negar que nem sempre a tecnologia vem para somar. Na ganância desenfreada de conquistar cada vez mais adeptos, as empresas de equipamentos eletrônicos se superam na qualidade técnica e quantidade de aplicativos para chamar atenção de um público cada vez mais abandonado e carente de afeto. No corre, corre diário menos tempo as famílias gastam para demonstrarem entre si a importância da presença e diálogo entre todos para fortalecimento dos laços afetivos. Num mundo onde a necessidade financeira passa a ter cada dia mais peso, a ausência de laços afetivos e responsabilidades entre as pessoas fica prejudicada em prol de se trocar o que verdadeiramente importa (sentimentos) por presentes(objetos) como forma de suprir o amor e atenção não dados. Se vivemos numa sociedade que não presa por valores familiares, afetivos e de responsabilidade fica difícil esperarmos de gerações mais jovens um comportamento diferenciado ao existente nos dias atuais. A tecnologia deve ser analisada com ampla visão, assim como, tudo ao nosso redor, mas, para se ter um mundo menos "eletrônico", primeiramente necessitamos construir um mundo mais humano pautado em valores e preceitos sociais e familiares.

Eliane. 
Assessora jurídico administrativo 
Taguatinga /DF 


Sobre o uso indiscriminadamente do celular Minha sincera opinião é que o vicio por este equipamento tomou proporções alarmantes como já previa Albert Einstein. Este equipamento tornou-se parte essencial de muitas pessoas (não generalizando claro), mas sinto que as pessoas perderam o controle de suas ações e reações por causa dele. Andam distraídas, saem por aí sem a mínima noção e tudo por que ? Por que se veem presas a um mundo vicioso onde mais vale amigos virtuais do que os reais. A vida,de certas pessoas, se resume a mensagens e fotos. À sua volta as belas coisas pouco importa. O mundo delas se transformou em uma tela onde tudo o que ela recebe absorve e consequentemente acontece o pior, a morte. Distração esta que se nota a cada segundo. O mundo inspira tecnologias infelizmente. Estamos fadados a ver cenas como as do vídeo diariamente e pior sem ter como ajudar já que o vício necessita de tratamento e acompanhamento. Esta é minha opinião sobre o uso do indiscriminado do celular.

Fernando Martinho Classificador de peças São Bento do Sul-Sc


Venhamos e convenhamos, mas o celular hoje em dia é um mal necessário, sabemos que a imprudência em usá-lo é notória, mas o que seriam daqueles que estão conectados ou dos que mesmo desconectados perderem algo ou alguém? A tecnologia bem ou mal vem para nos deixar mais inovadores, somos assim desde quando inventaram o primeiro computador. A mente humana trabalha sempre para aperfeiçoar essas máquinas. Há aqueles que acham que essa maquininha é a segunda pele, isso há, mas devemos ter consciência de como usá-la sem se machucar. Vejo pessoas do meu lado que, enquanto não verificarem todas as mensagens, não começam a trabalhar, meu irmão mesmo fala, manda mensagem dirigindo, apesar de ter atos que restringem o seu uso. Na minha opinião o afastamento das pessoas está se tornando algo natural, mesmo com campanhas voltadas ao uso, as pessoas não conseguem desvencilhar dessa tal “arma” que mata milhões. Acredito que ainda há solução. Infelizmente teremos que conviver com isso. O que dizer dessa nova geração? O que dizer para as próximas gerações? 


Cleudes Silva 
Técnico do Ministério publico


O salto emburrocionário. 
Como é de domínio público, a tecnologia da comunicação dos anos 80 pra cá, deu um salto na sua evolução. 
Os telefones e cartas já não eram mais as únicas formas de se comunicar. Surge o computador. 
E daí por diante só evoluiu... 
E-mails, icq, Messenger, sites e chats. Um vislumbre das redes sociais. Gazzag. Orkut. Facebook. 
E a última moda. Wattsapp e snapchat. 
Tudo é evolução. 
O telefone evoluiu.
A televisão evoluiu.
Ambos com acesso a net. 

Agora temos sites de desinformação. Imprensa marrom digital. 
Já falei do YouTube? 
Hoje vemos pessoas conectadas vinte e quatro horas por dia. 
Relacionamentos chegam ao fim, porque a tecnologia da comunicação evoluiu a ponto de aproximar as pessoas que estão distantes e afastar as que estão próximas 
Mas, a culpa e dos meios de comunicação? 
Em absoluto!
A tecnologia não é boa nem má: Ela é aquilo que as pessoas fazem dela. 

Hoje é impossível sair a rua, e não ver as pessoas conferindo seu celular. 
Amigos virtuais, amores virtuais. Amantes virtuais! 
Todos longe e distantes dos olhos.
Mas, e as pessoas que estão próximas? 
Essas, cada vez mais distantes. 
Tudo hoje pode ser capturado pelas telas de um telefone. 
Tira-se selfie de tudo. 
Desde a roupa nova, até o seu jantar. Eternizando momentos nas redes sociais. 

Cada vez mais pessoas conectadas com o virtual. Esquecendo um mundo maravilhoso que foi feito para ser aproveitado. Curtido. Compartilhado. 
Então, não houve um salto evolucionário na espécie humana. 
Houve sim,  um salto
EMBURRUCIONÁRIO. 
Sim!!!
As pessoas estão ficando burras, perdendo sua própria identidade em perfis fakes. 
Estão perdendo a cultura, a política e a sociabilidade. 
Então desculpem, ou não. 
Mas, a tecnologia a meu ver, é um brinquedo nas mãos das crianças adultas. 

Lembrem:
A tecnologia aproxima quem está longe, e afasta quem está do teu lado!

Postar um comentário