pesquisa google

Pesquisa personalizada

domingo, 20 de agosto de 2017

Manhã de smor


Acordar de manhã cedo
Ouvindo o gorgear dos pássaros
Sentir um perfume primaveril
É  você deitada a meu lado

Ouço tua respiração
Leve pausada
Admiro teu corpo nu
Ah!!! Visão privilegiada

Deitada em meu braço
Aconchegada em conchinha
Colada a mim
Em meu corpo se aninha

Cheiro teus cabelos
Suave  perfume me invade
Procuro teus lábios
Te beijo com suavidade

Toco teus seios
Te deixando excitada
Beijo teu corpo inteiro
Te deixando molhada

Nós entregamos
Ao ato de amor
Por você sou possuído
Enquanto te possuo
Nosso fogo nos consumindo

Depois de longa batalha
De corpos enroscados
Ainda dentro de você
Nós entregamos, saciados

Te vi gozar
Te vi morrer
Para em meus beijos
Reviver

Delonir cavalheiro
Canoas/RS
20/08/2017

sábado, 19 de agosto de 2017

Seja o motivo...

Seja o motivo de um sorriso e não as lágrimas de um olhar
Seja a felicidade estampada no rosto de alguém e não a frieza do olhar
Seja a luz que ilumina um coração obscuro e amargo

Seja o brilho no olhar de quem está cansado de chorar
Seja a fortaleza de quem está prestes a desistir
Seja a mudança para quem está sempre a se lamentar

Seja a inspiração para quem desistiu de acreditar
Seja tão somente a diferença que os outros irão notar
Que os outros irão querer imitar
Seja você a mudança que as pessoas pararam de insistir

Seja o alicerce de quem está se sentindo sem chão
Seja o amor em algum coração
Semeie o bem a quem vive de mal

Seja diferente
Faça aos outros o que eles não fariam por você, pois o bem não escolhe a quem ajudar.

Fernando Martinho

19-08-2017

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Quero estar contigo

Quero estar contigo No teu dai a dia Queria ser o lençol que te cobre Enquanto dormia Queria ser o travesseiro Em que tua cabeça repousa O sonho que te leva O vento que toca tua boca Queria ser a roupa que veste Tocar teu corpo Com maciez Como leve sopro Queria estar com você Durante teu banho Ser a água que em teu corpo rola Queria ser sabonete Te cobrir de espuma Levemente perfumado Levemente adocicado Queria ser toalha felpuda Que por teu corpo passeia Ser aquele desejo Que teu corpo incendeia Queria ser o espelho Que Te reflete nua Cada vidro a te refletir Quando sai para rua Quero apenas A teu lado estar O dia inteiro E sempre te amar Delonir Carvalheiro Canoas/RS 17/08/2017

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Assim Caminha a humanidade

Assim Caminha a humanidade

Enquanto assumirmos uma postura beligerante, enquanto esquecermos do diálogo, que chance terá a paz?
Que se queimassem as macieiras. Antes que caíssem na cabeça  do homem.. o conhecimento não é  o inimigo. O destino dado a ele, esse é o perigo.
O homem sempe foi beligerante.
Desde o início. Ao pisar em terra firme. Sempre derramou sangue de seu semelhante.
Me perdoem os estudiosos e filósofos.
Mas o homem e um animal selvagem e territorialista.
Territorialista sim. Oque são  as fronteiras senão território demarcado, riscos em mapas. Como fossem lobos  demarcado seu território. A diferença  entre essas espécies, e que o homem  possui armas. E armas de destruição em massa. Talvez armas que levem o próprio  homem a extinção.
Então, assim sendo, pergunto novamente, que chance teremos de ter paz?
E de minha opinião que o dito ser animal racional e o mais acéfalo de todos o animais. O único que mata por prazer e destrói o ambiente em que vive.
Esta na hora de. Uma. Nova humanidade surgir.
Uma humanidade que não tenha fronteiras.
Uma humanidade que tenha amor pelo próximo.
Eu voz digo.
No dia que  a humanidade depor suas armas, cuidar do seu mundo e derrubar as fronteiras, ela está apta para conquistar as estrelas e erradicar doenças.
Assim Caminha a humanidade hoje.
Rumo  a extinção..
Esperemos então  Que a consciência humana acorde e mude seu destino.
Pois sem guerras a humanidade será brilhante.

Canoas/RS
14/08/2017

domingo, 13 de agosto de 2017

A carta

Escrevi uma carta
Pra te contar
De tudo que passo
Por te amar
As loucuras que faço 
Pra te chamar
E agora só falta
Joga-la ao mar

Escrevi uma carta
Foram tantas as linhas
Foram tantas as frases
Que na mente me vinha
Foram tantas palavras
Que me assombrava
Porque faltava você
Quem eu mais desejava

Escrevi uma carta
Nela contei
Nela falei
De tudo que faço
Esse é  Meu tormento
Das juras de amor
Amor esquecido
Palavras ao vento

Escrevi uma carta
Pra te avisar
Amor fui embora
Não vou mais  voltar

Escrevi uma carta
Mandei pelos ares
Nas asas dos pombos
Boteiem garrafas
Mandei pelos mares

Mandei uma carta
Aguardo chegar
Espero a resposta
Que venha no ar
E se acaso aqui não estiver
O pombo sabe
Onde entregar

Escrevi uma carta
Para meu amor
Nela botei
Pétalas de flor
Chega perfumada
No endereço marcado
Ela aguarda a chegada

Delonir cavalheiro
Canoas/RS
12/08/2017

sábado, 12 de agosto de 2017

A felicidade...

A felicidade...

Lembre que a felicidade
Está em você e então
Faça valer o que está
Em seu coração e acredite
Que é possível ser feliz
Com o que se tem....

Aprenda a valorizar
Tudo que você possui
Então você verá que
Fica muito mais fácil
Novas conquistas realizar
E seu bem estar aumentar...

Quanto mais nos dedicamos
Trabalhamos e auxiliamos
A quem precisa, mais
Rápido conseguimos
Alcançar o que precisamos
E nosso coração serenar..

Quando o homem entender
Que a felicidade está em
Com sabedoria saber viver
Mais facilmente conseguirá
Encontrar a paz e a harmonia
Que precisa para se equilibrar...

Brasilia/DF
10/08/2017

Elaine Santos

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Nunca mais sozinho


Você é a luz que me ilumina
O sol do meu amanhecer
A estrela que pontua meu céu escuro
A lua do meu anoitecer
Tua luz
Não deixa que eu pise sombras
Ela ilumina meu caminho 
Com você 
Eu não ando sozinho
A simples lembrança De você 
Me arranca sorrisos
Desses que faz a gente parecer louco 
Com você 
Não tenho medo do escuro
Enquanto me ilumina
A teu lado
Me sinto Seguro
Descobri tarde que te amo
E descobri
Um mundo de dor
Que não posso ter você 
Presente. 
Que seja então 
Para sempre 
No meu coração 
E eu sigo
Caminhando
E te amando.

Delonir cavalheiro

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Um pause na vida

As vezes. E preciso dar um pause Reavaliar. Pensar. Debater. Ou apenas um descanso. Porque a vida as vezes pede uma parada. E se não paramos. Ela nos para. Aproveitamos então essa pausa REAVALIEMOS: Nossas atitudes até o momento. Fizemos tudo correto? Há alguma chance de olhar para traz e encontrar arrependimentos? As vezes fazemos e dizemos coisas no calor da emoção. Coisas que futuramente irão nos gerar rusgas desnecessárias. Porque não aproveitar essa pausa e resolver tudo que ficou que ficou por ou mal resolvido lá atraz? PENSAR. Podemos usar essa pausa para pensar. Para planejar nossos próximos passos. Assim não andaremos no escuro tateando. Mas sim com passos firmes em direção do futuro. Pensar o que dizer ou fazer para afetos. Ou pensar em se aproximar dos desafetos. Pensar e um ato muito importante. Porque tudo acontece primeiro no pensamento. DEBATER. Discutir suas ideias com outras pessoas pode ser revelador. Elas podem apresentar um caminho ou dois diferentes do Teu. Podendo ou não ser melhor que o que escolheste. Mas fica consigo o livre arbítrio da escolha. Você escolherá o que julga ser melhor pra você. Correto ou não. Mas ainda assim. E muito bom conversar e dividir opiniões. Traz um refrigério para alma. Bom dia DESCANSAR. A vida pede um descanso também. O corpo e o Espírito as vezes também se encontram fustigados. E preciso espairecer as ideias. Descansar o corpo. Aproveite para se divirtir. Porque a vida também é diversão. Você Pode amar e ser amado. Você pode ser bom e justo E bondade e justiça receberá de volta. Faça um tempo pra você. Findo esse tempo você descobrirá novos caminhos. Novos horizontes. E estará descansado para seguir em sua jornada. Então meus amigos. FAÇAM UMA PAUSA

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

A mudança urge

Os ventos estão soprando
O tempo está mudando
O mundo esta mudando
Já não  há mais lugar no mundo
Pra tanta selvageria e barbárie.
Irmão matando irmão.
Fratricididios.
O mundo já não aguenta mais tamanho descaso. Águas poluídas, terra envenada, onde antes havia o Verde exuberante , hoje ha uma paisagem desértica.
As árvores de hoje ha quase não nos dão mais o ar puro que precisamos. Pois devastamos  as matas. Nossos ares envenados trazem doenças. Nossa alimentação  já não é mais saudável. E assim a humanidade está se condenando.
ABRI vossos olhos humanas gentes. Ainda há tempo Para reavaliar atitudes e fazer uma mudança  em voz. E regenerar nosso mundo. E preciso urgência nas mudanças.
Os ventos estão soprando. Não deixem que a vida e a natureza façam esta mudando escolha por vós. Quem não vê o que acontece? Onde antes havia inverno. Hoje a verão. Onde antes havia gelo eterno. Hoje há um mar. A terra se aquece. Tempestades se formam. Afetam colheitas. Levam fome e miséria. Esta tudo aí. Ao alcance de vossos olhos.

"Quem tiver olhos de ver. Que veja"

Mudem humanas gentes. Ou a terra vos mudará.
Já falei dia tremores?