pesquisa google

Pesquisa personalizada

terça-feira, 18 de novembro de 2008

DUETO


A PRINCESA E BARDO.
BARDO:minha amada
paixão imortal
ver teu semblante e para mim
honra sem igual

PRINCESA:quem procura-me em noite fria?
ah!sois voz bardo vagabundo
se meu pai te ves por decerto te penduras
es isto que procuras?

BARDO:de modo algum princesa
apenas procuro
com ajuda da lua
por vossa beleza

PRINCESA:és tolo galanteador
vagabundo e o que sois
porem és um perigo
deveras encantador

BARDO:ah!minha amada
pelo vosso sorriso
em noite enluarada
corro qualquer perigo

PRINCESA:és pobre plebeu
és poeta cantador

entrego-te um beijo meu
com carinho e amor

BARDO:parto agora
alegre sorridente
levando em meus labios
vosso beijo quente

PRINCESA:te va meu amor
a calada da noite
carrega perigos para ti
armadilhas e dor

BARDO:nada temo meu amor
vi vosso semblante
provei do teu beijo
agora parto
cumprir seu desejo

PRINCESA:levai meu véu
todo perfumado

e olhando as estrelas
lembrai tambem
aqui
estarei olhando o céu

BARDO:com um beijo
e com um aceno
deixo a promessa
de que aqui regresso
ardendo em desejo

PRINCESA:pequeno poeta
belo encantador

roubaste de mim
todo meu amor

vai-te embora
mas volte
para te rever,
Ja conto hora

BARDO:parto sim amada
mas volto
noutra noite enluarada
Postar um comentário