pesquisa google

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

ANDARENGO


                  

 ANDARENGO

Neste meu jeito andejo
Por muitos lugares passei
Caminhos que percorri
E sob a luz das estrelas 
Em muitas estradas pousei

Caminhante andarengo
Trago vivida lembrança
De todos os lugares que visitei
Nestas minhas andanças

Serras e rios
A pé ou a nado 
Atravessei
No asfalto
 Os Pés queimados, ficou
Calos, bolhas  
e o suor que derramei

E por matas que cruzei
De seus doces frutos
Eu provei
Minha fome saciei

Pela manhã andei
Saboreando brisa fresca
Sob o sol escaldante do meio dia
Precisei munir-me de coragem
Mas já ao finalzinho da tarde
Soprava fria aragem

Andejo,  andante
Desejo insaciável
de conhecer minha terra
que tanto cantam os poetas
em soneto memorável

Andarengo  andei
Coração segue a frente
Em toda minha jornada
Atravesso esses pagos
Em lenta e continua caminhada.



Postar um comentário