pesquisa google

Pesquisa personalizada

domingo, 9 de julho de 2017

Folego


Fôlego 

Vem
Te espero, há tanto tempo
Que o próprio esqueceu 
Sou sombra, 
Sou luz, 
sou desejo, 
Sou a saudade
Sem presa. 

Vem
Vem e me ama
Nada importa
Apenas eu e você 
Da-me o mel de tua boca
Sacia minha fome de te Amar
De-me teu sabor
Deixa-me provar de teu gosto
Sentir na língua teu gozo de vida
Te provar amor 
Te fazer mulher

Vem
Já passou o tempo
Longe se vá a espera
Vem me amar
Deixa que te entregue
Meu coração 
Meu ser
Vem comigo
Vem se perder
Deixa o jardim florir
Deixa que eu seja teu amante
Teu namorado
Teu homem 
Teu apaixonado 

Vem
Estou de joelhos a te esperar
Esperei uma vida inteira
Meu corpo Velho e cansado
Ainda te espera
Vem me renovar
Deixa eu te amar
Mesmo que seja só por hoje
...

"O pior na vida não é errar, e sim não se aprender nada, absolutamente nada, com os próprios erros."
-
Delonir cavalheiro
Canoas/RS




Postar um comentário