pesquisa google

Pesquisa personalizada

domingo, 31 de agosto de 2008

lascivia


Pouso meus olhos em teu corpo nu
Vislumbro teus mamilos endurecidos
E eretos ao toque de minhas mãos.

Tua língua quente invade minha boca
Prendes meus lábios entre teus dentes
E crava tuas unhas em minhas costas
O fogo antes lento tem agora a fúria
De um incêndio, m’alma vomita fogo
Expele chamas por todos os poros...

Milhões de borboletas de asas tremulantes
Invadem-me quando me enlaças com tuas
Pernas encaixando-me em teu quadril me
Levando para dentro de ti com a maestria
Da messalina, da dama que sabe ser puta.

Sinto-me pégasos cavalgado por Afrodite
Pecaminoso conluio de loucura é prazer...

...deixa-me louco e assim desejo ficar.

autor

(AtsoC ErdnaxelA)

Postar um comentário